We Are
Fashion Revolution
Brazil

SUAS ROUPAS JÁ CONTAM UMA HISTÓRIA SOBRE QUEM VOCÊ É.
AGORA ELAS PODEM DIZER ALGO MELHOR.

 

 

 

O Fashion Revolution Day é um movimento criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável, ativistas, imprensa e acadêmicos que se uniram depois do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013 deixando mais de 1.133 mortos e 2.500 feridos. A campanha surgiu com os objetivos de: aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo; mostrar ao mundo que a mudança é possível através da celebração dos envolvidos na criação de um futuro mais sustentável; criar conexões e trabalhar rumo à mudanças de longo prazo, exigindo transparência na indústria e nos negócios.

A moda é uma força a ser considerada. Ela inspira, provoca, conduz e cativa. O Fashion Revolution Day quer ajudar a tornar a moda uma força para o bem. A fundadora do movimento e pioneira em moda fair trade (comércio justo), Carry Somers diz: “Eu vi que o desastre do Rana Plaza poderia atuar como um catalisador, espalhando a conscientização em prol da moda ética/sustentável e fornecendo uma janela para fazer a mudança real. O Fashion Revolution Day representa uma excelente oportunidade para reconectar os amantes da moda com as pessoas que fizeram suas roupas”.

“O Fashion Revolution Day promete ser uma das poucas campanhas verdadeiramente globais a surgir neste século”, diz Lola Young, criadora do Grupo Parlamentar de Todos os Partidos sobre Ética e Sustentabilidade na Moda no Reino Unido.

A co-fundadora do movimento, Orsola de Castro, completa: “Com um simples gesto de vestir sua roupa do avesso, nós queremos que você pergunte: ‘Quem Fez Minhas Roupas?’. Essa ação irá incentivar as pessoas a imaginarem o “fio condutor” do vestuário, passando pelo costureiro até chegar no agricultor que cultivou o algodão que dá origem aos tecidos. Esperamos que o Fashion Revolution Day inicie um processo de descoberta, aumentando a conscientização sobre o fato de que a compra é apenas o último passo de uma longa jornada que envolve centenas de pessoas, realçando a força de trabalho invisível por trás das roupas que vestimos”.

FASHION REVOLUTION WEEK  2016

Entre os dias 16 e 24 de abril de 2016 será celebrado o terceiro Fashion Revolution em mais de 80 países . No Brasil, teremos eventos incríveis em diversos estados e ações realizadas pelos estudantes de moda. Entre em contato para saber o que está acontecendo em sua cidade.

Faça parte desta revolução!

Email para contato brasil@fashionrevolution.org

Para fazer parte da newsletter : https://www.facebook.com/fashionrevolution.brasil/app/100265896690345/

Baixe o ‘ #Haulternative : um guia para os amantes da moda ‘. É mostra como você pode fazer um tipo diferente de curso. Uma maneira de refrescar seu guarda-roupa sem comprar roupas novas. Nós o chamamos de #haulternative .

Registre-se para baixar recursos educativos em português

Country Co-ordinator

Country Team

Bruna Miranda

Diretora de Comunicação

Jornalista, atuou anos com comunicação e marketing na área da moda. Percebeu que o que a motiva é a moda atemporal, feita para durar e produzida com respeito aos trabalhadores, ao meio ambiente e à nós mesmos. Depois de pesquisas e vivências em busca de caminhos que alinhassem criatividade e inovação em prol de modos de produção e consumo éticos e sustentáveis, dedica-se à fortalecer um estilo de vida Slow. Idealizou o Review, plataforma de conteúdo e serviços que fomenta o Slow Living e co-criou o Guia Slow Lifestyle, revista independente que reúne iniciativas, marcas e conteúdo sobre a área.

Patricia Sant´Ana

Comunicação Visual

Formada em Desenho de Moda pela FASM, transitou por algumas áreas como Estamparia, Estilo e Marketing. Acredita na Moda como uma plataforma de expressão, que celebra a diversidade, construindo identidades individuais e culturais através de cores, texturas e formas. Após um tempo de mercado de trabalho, se desligou da empresa aonde trabalhava e começou a se questionar sobre quais valores eram realmente importantes e iniciou uma pesquisa na área que levou a um campo fértil que unia criatividade, inovação, sustentabilidade e transformação social. Atualmente trabalha com o Fashion Revolution e o projeto Re-Roupa da estilista Gabriela Mazepa.

Cibele Barros

Relacionamentos

Socióloga e especialista em marketing e responsabilidade social corporativa,  é gestora de projetos, colunista de moda social e costureira. Em 2014, criou a Tecido Social, um bureau de projetos e negócios sociais e sustentáveis de moda, conectando e promovendo costureiros e artesãos, que atuam nos moldes de economia solidária e comércio justo.

Eloisa Artuso

Diretora Educacional

Eloisa é estilista, socio-fundadora e consultora da agência UN Moda Sustentável e se dedica a projetos para promover a sustentabilidade e ética na indústria da moda. É graduada em Desenho de Moda pela Santa Marcelina e concluiu seu mestrado em Design Futures na Goldsmiths, University of London, com foco em consumo consciente na moda. Com mais de 10 anos de experiência na area, Eloisa adquiriu um olhar sistêmico e estratégico e atualmente, seu trabalho está fundamentado no espaço onde sustentabilidade, cultura e educação se fundem com design.

 

Gabriela Mazepa

Colaboradora

Formou-se com menção honrosa em Textile na École Superieure des Art Deco/ Strasbourg e continua colocando em prática o que apresentou no projeto final em 2006: reultilização de matéria prima têxtil, este continua sendo o foco de seu trabalho.Sua marca foi selecionada TOP 10- Prêmio Greenbest Moda Sustentável. Hoje desenvolve coleções reutilizando tecidos de grandes Industrias como a Vicunha Têxtil e sempre que possível viabiliza a manufatura de suas peças em cooperativas de costura em comunidades do Rio de Janeiro Em 2014, foi um dos designers convidasos pela nova plataforma inglesa StandSeven para criar um produto exclusivo para a marca.

Lilyan Berlin

Colaboradora

MDoutoranda em Ciências Sociais na UJRRJ, mestre em Ciências Ambientais pela Universidade Federal Fluminense com pesquisa sobre Moda e Sustentabilidade ; autora do livro Moda e Sustentabilidade, uma reflexão necessária, publicado em 2012; especialista em Arte e Educação pela UCAM. Atua como Designer Têxtil no mercado desde 1983, criando padronagens e desenvolvendo estampas.Coordenou o Curso Superior de Design de Moda da Universidade Veiga de Almeida; coordenou o Curso superior de Design de Moda da UCAM. Professora do Projeto da Petrobras de Inclusão Social . Ministrou as disciplinas de Gestão Ambiental e Ecodesign no curso de Engenharia Ambiental da Candido Mendes.

 

 

Latest Blogs from Brazil

view more